Pesquisa global não está habilitada.
Ir para o conteúdo principal

Mensagens do blog por ADRIANO PARANAIBA

Ex-aluno selecionado para Fellow no Mises Institute EUA

Ex-aluno selecionado para Fellow no Mises Institute EUA


Artur Ceolin foi aluno do Mises Winter School, realizado em agosto de 2019. Atualmente doutorando em Economia na Espanha, ele acaba de ser selecionado em um rigoroso processo para um curso como Fellow do Mises Institute, ligado à Universidade de Auburn (EUA). Neste curso, que dura dois meses e meio, Ceolin seguirá nas pesquisas de seu doutorado – ligado ao conceito do conhecimento disperso dentro da organização corporativa, e terá oportunidade de interagir com professores como Joseph Salerno e Mark Thornton. 

Neste depoimento, ele fala sobre a importância do Mises Brasil em sua trajetória acadêmica: 


Me chamo Artur Marion Ceolin e tenho 30 anos. Hoje sou doutorando em Economia na Universidad Rey Juan Carlos (URJC), na Espanha, pesquisando e escrevendo minha tese, dentro das áreas e assuntos de teoria da firma, administração, subjetivismo e conhecimento aplicados a iniciativas empreendedoras dentro das empresas (intrapreneurship), sob o título “Subjectivism and dispersed knowledge on intrapreneurship”. Profissionalmente, atuo como gestor de um clube de investimentos e trabalho nos empreendimentos agrícolas da minha família, gerenciando operações. 

Sou graduado em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e em Administração pela Universidade Franciscana (UFN). Fiz um MBA em Finanças na FGV e Mestrado em Economia da Escola Austríaca pela Universidad Rey Juan Carlos (URJC), em Madrid, quando fui aluno do Prof. Jesús Huerta de Soto, entre outros destacados economistas deste ramo da ciência econômica. 

O curso para o qual fui aprovado é um Fellowship do Mises Institute, nos EUA. É uma oportunidade única na qual poderei me dedicar em tempo integral para a pesquisa de um capítulo da minha tese, ao mesmo tempo em que terei mentoras/tutorias com os professores do Mises, como Dr. Joseph Salerno e Dr. Mark Thornton, assim como ter acesso às bibliotecas do Instituto e da Universidade de Auburn. Sem dúvida será um momento de grande crescimento intelectual, no qual poderei estudar com afinco e profundidade para aumentar ainda mais o impacto da minha formação. 

Como o Instituto Mises Brasil tem contribuído para sua trajetória? 

Em casa, sempre tive ensinamentos pró-liberdade econômica. Meu pai sempre foi um forte defensor da liberdade de mercado e fala sobre a liberalização de países como o Chile. Posteriormente, quando comecei minha graduação, eu li parte da obra “Caminhos da Servidão”, do economista Friedrich Hayek. Mas a profundidade de conhecimento da Escola Austríaca na minha vida era esta - esparsa, efêmera e rasa. 

Por volta de 2012 ou 2013, mesmo com boa parte da imprensa e da academia anestesiados, comecei a perceber as limitações evidentes do modelo de crescimento imposto pelo governo do PT, com obras públicas, aquecimento artificial do mercado interno, crédito subsidiado para grandes empresas, etc. Mesmo assim, faltava embasamento teórico com profundidade. 

E aí entra o Mises Brasil: Tive acesso a obras de economistas da Escola Austríaca, assim como a outras leituras que aprofundaram meu conhecimento dos ciclos de mercado. Então, em primeiro lugar o Mises Brasil teve um papel importante na minha formação intelectual, ao me fornecer material farto (livros impressos, revista acadêmica, artigos no Site), para o meu crescimento. 

Mas o apoio que o Mises me deu foi muito além. Quando participei do I Winter School, realizado em Petrópolis, em agosto de 2019, conheci professores a quem estimo muito, como Ubiratan Iorio, Adriano Paranaíba, Fabio Barbieri, Antony Mueller e Helio Beltrão. 

Este curso foi um divisor de águas na minha carreira acadêmica. 

Foi ali, um mês antes do início do meu Master, que eu decidi almejar uma carreira de produção científica mais aprofundada, participando do debate para o crescimento do paradigma Austríaco dentro de uma ciência econômica que se tornou um mero instrumental para a formação de políticas públicas, dentro de métodos positivistas com uma mania de quantificação e de instrumentalização do ser humano. 

Não bastasse isso, gostaria de agradecer também ao Mises Brasil por todo o apoio para participar de conferências, como a 10a Conferência Austríaca realizada em Viena, em que estive em novembro ano 2021. 

Uma mensagem para os alunos do Mises Academy 

Por todos estes motivos, recomendo fortemente que vocês aproveitem a oportunidade encontrada no Mises Brasil para crescimento intelectual, pessoal e profissional. Sem dúvidas a oportunidade para todos os alunos é única e fará com que vocês alcancem voos mais altos. 

 O Mises é feito por pessoas de alto quilate e também de excelente trato pessoal, capazes e competentes para darem todo o suporte para o desenvolvimento de pessoas com vontade de crescer. 

Recomendo também que todos escrevam e tentem publicar na Revista Mises (acesso aqui). Por mais que a Internet seja um meio mais rápido de difusão de ideias, pela rapidez e pela simplicidade do meio, o debate acadêmico tem a capacidade de perenizar as nossas contribuições.


  • Compartilhar

Comentários